Notícias

Dia do Irmão: crie um ambiente compartilhado para os pequenos!

05 de Setembro de 2020

Quem tem irmãos, sabe o quanto essa relação é particular, cheia de altos e baixos: comparações acontecem, assim como a ilusão de uma competição eterna pelo carinho dos pais. Se não for bem trabalhado desde a infância, o relacionamento entre irmãos pode gerar consequências negativas para toda a vida – e é por isso, como celebração ao Dia do Irmão em 5 de setembro, que o post de hoje incentiva a criação de um ambiente compartilhado para os pequenos aprenderem a curtir a companhia dos irmãos desde cedo!

Primeiros passos

A primeira questão que surge quando falamos de um ambiente compartilhado para os irmãos é: como fazer caber o universo de mais de uma criança em um único cômodo? Simples – abuse da criatividade! Esqueça a ideia de um quarto ou uma brinquedoteca tradicional, onde cabe tudo o que podemos imaginar, lembre-se de que o espaço precisa conter traços da personalidade das duas crianças, para que se identifiquem com o lugar, e, acima de tudo, invista em áreas comuns de diversão e/ou estudo, justamente para incentivar a convivência sadia entre os irmãos.

Identifique o que é importante

Antes de começar a pensar sobre montar e decorar um ambiente para duas ou mais crianças, é importante levar em consideração a idade e as necessidades de cada uma. Se o mais velho já frequenta a escola, por exemplo, vai precisar de um cantinho para estudar, por menor que seja. Ou, se o mais novo ainda está na primeira infância, talvez precise de um cercadinho para brincar com mais segurança, e sem atrapalhar a rotina do irmão. As crianças precisam saber que esse ambiente é para ser compartilhado com o irmão, mas também para que cada uma desenvolva a própria personalidade livremente, sem competições ou comparações.

A dica de ouro é: aproveite cada centímetro!

Nos dias de hoje, as casas e apartamentos estão cada vez mais compactos, por isso, a grande sacada é identificar como usufruir de cada cantinho. Em um quarto para os irmãos, por exemplo, os beliches são uma ótima escolha, liberando bastante espaço e ainda dando um ar mais divertido ao ambiente. Dali em diante, o limite é a imaginação. Vale ocupar as paredes com prateleiras para os livros e brinquedos, investir em móveis em L para ganho de espaço, as escadas para beliches podem ser gavetas, o escorregador na brinquedoteca vira um armário – com criatividade, todo ambiente pode ser melhor aproveitado, sem falar que as crianças adoram uma decoração moderna e criativa!

Permita que os pequenos participem do processo!

Por mais que sejam pequenas, as crianças vão passar ali mais tempo do que qualquer outra pessoa, então, por que não levar em consideração suas ideias e opiniões? Se for possível, transforme a decoração do novo ambiente em uma atividade divertida para as crianças. Selecione, por exemplo, dois tipos de móveis que possam ser usados no ambiente e deixe que os irmãos entrem em acordo sobre qual escolher. Considere suas escolhas para as cores e para os objetos de decoração também, assim cada um terá seu cantinho favorito no ambiente.

Permitir que as crianças façam parte desse processo é uma forma de conscientizá-las sobre a valorização do espaço, além de incentivar a sua criatividade, habilidades de argumentação para defenderem suas escolhas e até mesmo o senso de organização, sem falar que será algo muito divertido para todos!

Independente de serem dois meninos, duas meninas, um casal, gêmeos ou vários irmãos com idades diferentes, é importante sempre incentivar a convivência saudável entre as crianças, e um lugar só para eles, onde cada um tenha seu espaço, mas também possam passar um tempo juntos sem a pressão dos adultos, é uma ótima forma de, aos poucos, os irmãos se conhecerem melhor, descobrirem coisas em comum, aprenderem com o outro e criarem a relação de amizade e companheirismo mais linda que existe! Feliz Dia do Irmão!